Sem tempo? Veja 5 Dicas para Se Organizar e Cultivar um Mini Jardim!

559
mini jardim

Cultivar um mini jardim, assim como qualquer outra plantinha, requer um pouco de nosso tempo e dedicação. Muitas pessoas optam por não explorar a natureza por meio da botânica porque temem não conseguir se organizar para se dedicar aos cuidados.

Esse, na verdade, é um engano… Algumas plantas exigem pouquíssimo tempo, atenção e, principalmente, espaço. Sendo o cultivo do mini jardim uma das melhores maneiras de desacelerar seu ritmo e dedicar um momento dos seus dias para o seu bem estar.

O cultivo nos liga com a natureza, harmoniza os ambientes e nos alegra ao passo que nos apegamos ao desenvolvimento e ao crescimento das plantas.

Pensando nisso, hoje falaremos sobre 5 dicas muito simples para que você se organize e consiga encaixar um tempinho em sua agenda para começar seu cultivo e desfrutar da sensação maravilhosa que é estar em harmonia com a natureza. Olha só!

1- Ao comprar seu mini jardim, escolha o lugar ideal

A escolha do lugar ideal para o cultivo do seu jardim é importante para que você não tenha que se preocupar em trocá-lo de posição ao longo do dia em função da iluminação.

O ideal é que você escolha um local que proporcione às plantas meia sombra e meia luz. Preferencialmente sem a exposição direta ao sol por muitas horas. Ou seja, atente para as posições do sol com relação ao local escolhido para seu jardinzinho.

Uma outra recomendação sobre a escolha do local ideal é que optem por algum lugar que esteja no seu campo de visão sempre que você estiver em casa. Não adianta nada decorar uma estante da sua casa com um mini jardim, se você vai acabar esquecendo ele lá!

7 Espécies de Cactos e Suculentas que São Fáceis de Cuidar

2- No verão, reserve um dia da semana para a rega

Se você optar por um mini jardim em terrário que simula o ambiente desértico, ou seja, com cactos, a rega no verão deverá ser feita uma vez por semana.

Mais adiante falaremos sobre algumas dicas para não esquecer da rega! O que importa aqui é que você saiba que a rega, nesses casos, é de frequência muito baixa. Isso quer dizer que você não precisa molhar as plantinhas em si, somente umedecer a terra.

Qual o Segredo para Cultivar Suculentas?

3- No inverno, reserve um dia a cada 15 ou 20 dias para a rega

Em função do clima, o inverno requer ainda menos esforço com relação à rega. No entanto, você deverá  estar sempre atento a eventuais faltas de luminosidade e ao clima seco de algumas cidades durante o inverno.

A recomendação geral é que reservem um único dia a cada quinze ou vinte dias para a rega durante o inverno. Viu só? É muito pouco tempo!

E essa orientação de rega para o inverno vale tanto para o cultivo do mini jardim desértico com cactos quanto para o de suculentas.

4- Faça lembretes para não esquecer da rega (post-its, bloco de notas, alarmes, aplicativos de celular…)

Com certeza você tem alguma agenda ou outra forma de organizar suas atividades pessoais e de trabalho. Basta incluir nela os dias de rega das suas plantinhas. O cultivo fará parte da sua rotina, mesmo que ele tome pouquíssimo tempo.

Por isso, uma boa forma de lembrar da rega (e de quaisquer outras coisas da sua vida) é contar com o apoio de lembretes.

Algumas pessoas preferem lembretes anotados manualmente em agendas, cadernos, post-its e afins. Enquanto outras preferem aplicativos e despertadores.

Para quem prefere fazer “à moda antiga”, tenha lembretes na geladeira ou em outros locais que estejam em seu campo de visão.

Para os que preferem os aparatos tecnológicos, eis uma lista com 10 apps que podem ajudar nessa tarefa!

5- <3 Desenvolva apego pelas plantas e amor pelo cultivo <3

Por fim, mas não menos importante: crie apego, amor e carinho pelas plantinhas e seu cultivo!  Isso tornará tudo ainda mais fácil, sob o aspecto do tempo e da organização.

E, acreditem, essa não será uma tarefa difícil! Cuidar de plantinhas nos faz muito bem e você com certeza vai se apegar muito rapidamente a ponto de ter o cultivo como um novo hobby em sua vida.

Quer saber mais sobre como funcionam os terrários?

Então confira nosso ebook gratuito e exclusivo com dicas de cultivo e muito mais!

Comentário(s)

COMPARTILHAR